O que é o Crédito Consolidado?

O Crédito Pessoal Consolidado é uma solução financeira, destinada a consumidores que tenham diversos créditos em vigor, com montantes e prazos de pagamentos distintos, e que permite juntar todos numa única mensalidade mais reduzida. Esta consolidação vai permitir-lhe renegociar todos os créditos que tem em vigor, permitindo-lhe um alívio do esforço mensal e aumento do rendimento familiar disponível.
Com o passar dos anos, as famílias vão acumulando vários créditos e, vêm-se com alguma dificuldade e despesas que não conseguem suportar. Desta forma, quer seja derivado à quebra de rendimentos, o surgimento de alguma despesa inesperada, ou pela acumulação de demasiados empréstimos, surge a necessidade de adquirir um Crédito Consolidado.


Este serviço financeiro surge como uma solução que irá permitir englobar todos estes créditos, ou pelo menos parte deles, num só. Pode assim, juntar o crédito da casa, do carro, e ainda o seu crédito pessoal em apenas uma única prestação mensal, reequilibrando o seu orçamento.

credito-consolidado-simulação-online

 

Como funciona o pedido do Crédito Consolidado Online?

Antes de pedir o seu Crédito Consolidado Online, deverá ter em consideração toda a oferta que as instituições financeiras têm para oferecer relativamente a este tipo de serviço, bem como tomar conhecimento sobre todos os documentos necessários para dar início ao seu pedido. Solicitar um Crédito Pessoal Consolidado é um processo simples, no entanto, existe uma série de documento necessários para que a entidade financeira em causa possa confirmar a viabilidade do seu processo, bem como salvaguardar todos os seus interesses.

Documentos necessários para fazer simulação de Crédito Consolidado

Ao solicitar uma Simulação de Crédito Consolidado, terá de facultar os seguintes documentos:

  • Documento de Identificação;
  • Comprovativo de Morada;
  • Comprovativo IBAN de um dos titulares do contrato;
  • Os últimos três recibos de vencimento/comprovativo de pensão, última declaração IRS (Modelo 3),
  • Nota de liquidação IRS:
  • E para finalizar, mapa de responsabilidades do Banco de Portugal.

Uma questão que costuma ser bastante colocada durante este processo é referente à obtenção do mapa de responsabilidade do Banco de Portugal. Para ter acesso a este documento basta ir até ao website do Banco de Portugal, clicar em Particulares e, em seguida, em Base de Dados de Contas. Após ter dado estes passos, deverá ler atentamente as condições de acesso à respetiva base, e se concordar, aceitar as condições.
Por fim, basta carregar em Obter Mapa e autenticar-se utilizando as credenciais de acesso ao Portal de Finanças ou Cartão do Cidadão. Esta declaração é totalmente gratuita e pode ser pedida por qualquer consumidor em apenas alguns minutos.

credito-consolidado-documentos-necessários

 

O envio de documentação trata-se de um procedimento comum a todas as entidades financeiras, e também imprescindível para que seja possível não só garantir-lhe a melhor taxa de juro, mas também averiguar se o cliente é elegível para efetuar a Consolidação de Créditos.
Esta simulação é totalmente gratuita, sem qualquer compromisso e obterá uma resposta imediata ao seu pedido.

Como saber se posso consolidar os meus créditos?

Em primeiro lugar, é importante não constar na lista negra do Banco Portugal.
A Central de Responsabilidade de Crédito (CRC), mais conhecida como lista negra do Banco de Portugal, consiste numa base de dados sobre todos os créditos concedidos. Nesta lista encontram-se tanto as situações de incumprimentos, como as situações regularizadas de créditos dos clientes das
instituições bancárias.
No entanto, se tiver incidentes bancários ou prestações em atraso presentes no seu mapa de responsabilidade, existe uma grande probabilidade de não poder fazer qualquer tipo de crédito.
Também é importante ter em conta que se estiver desempregado, no momento do pedido da consolidação de créditos, é possível que seja recusado pelo banco, uma vez que constituí um perfil de risco.

Todos os casos são avaliados de forma individual, mas existem alguns fatores que se deve ter em conta antes de se avançar para uma consolidação de créditos.

O que deve ter em conta é o seguinte:

  • Ter vários créditos e pagar uma mensalidades elevadas;
  • Necessidade de um crédito adicional por causa de uma situação pontual (em caso de doença ou de divórcio);
  • Quer ficar apenas a pagar apenas uma prestação.

Como mencionámos acima cada caso é um caso, e nem sempre consolidar é uma solução e se estiver em algumas as opções abaixo mencionadas não deverá consolidar:

  • Ter mais de 80 anos;
  • Soma dos seus créditos ser inferior a 5000€;
  • Ssituação profissional instável;
  • Possuir movimentações de jogo como o casino;
  • Não ter rendimentos declarados em Portugal
  • Estiver em incumprimento com os bancos.

 

crédito consolidado

 

 

Está a pensar pedir um crédito consolidado?

Em Portugal existem dois tipos de crédito consolidadocrédito consolidado com hipoteca de um imóvel crédito consolidado sem hipoteca de imóvel.

  • Num crédito consolidado com hipoteca de um imóvel pode, além de todos os créditos pessoais juntar o crédito à habitação, ou, se não tiver um, pode dar um imóvel (geralmente a casa de família) como garantia. Esta modalidade de crédito consolidado permite fazer os mesmos prazos de um crédito à Habitação (em regra 30 anos) com taxas parecidas às taxas do crédito à Habitação, dado que se dá a garantia de um imóvel. O crédito consolidado com hipoteca utiliza um bem imóvel como garantia de pagamento do empréstimo. Desta forma, o consumidor apresenta o seu bem imóvel e, no caso de não conseguir reembolsar o montante, a entidade financeira fica com a propriedade. Quem pedir este tipo de crédito vai beneficiar de um prazo de pagamento mais alargado e com menos taxas de juro.
  • No crédito consolidado sem hipoteca pode juntar todos os créditos num só, com uma prestação maior do que cada um individualmente mas com um prazo mais dilatado, normalmente até 10 anos. Nesta consolidação o consumidor não tem a obrigação de apresentar um bem imóvel como garantia. Contudo, os prazos de pagamento não serão tão prolongados e as taxas de juro serão um pouco mais altas.

Porque deve pedir um crédito consolidado?

Se contraiu muitos empréstimos e está a pagar juros em todos, esta é a principal razão pela qual deve pedir um crédito consolidado. Passe de vários créditos de curto prazo e taxas elevadas para um crédito de médio/longo prazo com taxas substancialmente mais reduzidas.

Deixamos-lhe aqui as 4 principais razões por que deve pedir um crédito consolidado:

  • Uma prestação mais baixa – vários créditos são sinónimo de diversas taxas de juro, por isso, se acha que paga muito pelos seus créditos e sente dificuldades no cumprimento das prestações consolide-os.
  • Apenas uma data de pagamento – se tem várias prestações mensais com créditos e cartões de crédito e com diferentes datas de pagamento esta é mais uma boa razão. Com o crédito consolidado terá apenas prestação e uma data de pagamento, mas não se esqueça, tenha sempre a quantia disponível para fazer o pagamento, não arranje mais encargos com comissões de atraso e juros de mora.
  • Redução dos juros – ao optar por uma consolidação, os juros serão reduzidos o que se poderá transmitir num alívio no final do mês. Além disso, ficará apenas com um prazo para pagar o valor em dívida.
  • Mais qualidade de vida e organização – já não tem que pensar tanto nos encargos e em que dia tem que pagar os diferentes créditos. Conseguiu alguma folga financeira com uma única taxa de juro mais baixa, vai conseguir viver de forma mais confortável e com as finanças mais controladas para lidar com despesas inesperadas.

Depois de conseguir estabilizar comece a poupar. Crie alguma folga financeira para estar preparado para que, em situações difíceis, não tenha que contrair mais um crédito. Use-os apenas quando quiser fazer investimentos que possam melhorar a sua vida.

Hoje em dia, quase todas as instituições financeiras e de crédito têm disponíveis simuladores online onde pode ficar a conhecer as condições que cada uma oferece. Analise as várias opções, simule, escolha o valor e prazo que mais lhe convém de acordo com a prestação que pretende e pode ficar a pagar mensalmente. Compare as condições que lhe oferecem. Negoceie, é fundamental.

Antes de consolidar os seus créditos pense bem, faça as contas e compare. Lembre-se que fazer um crédito consolidado deve ser apenas uma solução de recurso. Não contraia empréstimos de forma desenfreada.

 

Como escolher o melhor Crédito Consolidado?

Ao analisar as várias propostas do mercado, esteja atento a qual dos bancos apresenta as melhores condições em relação à taxa de esforço (procure a mais reduzida). Tenha em atenção se a instituição inclui os custos iniciais do crédito no montante financiado. Para além disso, outro aspecto muito importante a ter em conta na hora de estudar as diferentes opções é a TAEG oferecida, pois esta taxa inclui todos os custos do crédito que está a solicitar – juros, impostos e comissões.

Onde fazer um Crédito Consolidado?

O Finanças Simples possui uma rede certificada de parceiros que o poderão ajudar em todo o processo inerente à Consolidação de Créditos.

Desta forma, basta aceder aos respetivos links disponibilizados em baixo e começar já desde hoje a simplificar o seu orçamento familiar até 60%:

OFERTA DISPONÍVEL:

 

credito-consolidado-despesas-acumuladas